sábado, 31 de março de 2012

Você sabe qual foi a primeira igreja a criar um site?


"Em 1992, um jovem chamado Shane veio até mim e disse: "Essa coisa de Internet vai realmente decolar, e a Igreja não está fazendo nada sobre isso." Ele escreveu uma carta de três páginas, fazendo uma critica que nossa igreja não estava fazendo nada. Então, eu contratei ele. Como resultado, a Saddleback foi a primeira igreja do mundo na Internet.
Rick Warren

Página da primeira igreja a ter uma página na internet:  http://www.saddleback.com/

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Preparando-se para ir à igreja ...

"Como eu amo o teu Templo, ó SENHOR Todo-Poderoso!Como eu gostaria de estar ali! Tenho saudade dos pátios do Templo de Deus, o SENHOR. Com todo o meu ser, canto com alegria ao Deus vivo."(Salmo 84:1-2 ).

 "Preparando-se para ir à igreja."
Que emoções  essa frase evoca em sua família? Em seu coração? Sua mente? O salmista ansiava pela próxima vez que ele poderia estar na casa de Deus, adorando com o povo de Deus. Você antecipa o encontro com Deus neste final de semana na igreja? Como você está se preparando? Deus estabeleceu um dia de intervalo a cada sete dias e não apenas para o descanso físico, mas também para adorar a Deus com seu povo, porque ele sabia que nós precisamos disso! Ele também ordenou isso.
Em segundo lugar, onde está sua Bíblia? Eu espero que você tenha feito isso por agora, mas se você não tiver, vá encontrá-la!  Leve ela com você para a igreja. A Bíblia é chamada de "a Palavra de Deus" e também "a Espada do Espírito." Quem iria querer sair de casa sem isso?
Em terceiro lugar, comece a ficar espiritualmente preparado. Gaste alguns momentos em oração antes de ir para a igreja. Peça a Deus para encontrar com você lá.  
Ore pelos cultos de adoração. Ore pelos voluntários que estarão lá servindo este fim de semana. Se você for servir, peça a Deus para dar-lhe o desejo de fazer o seu melhor serviço neste fim de semana.  
Ore pela equipe de louvor.  
Ore por seu pastor! Como pastor, eu sempre tremo diante da oportunidade que tenho para pregar a cada fim de semana.   
Peça a Deus para preparar o seu coração para entrar em seus átrios com louvor. Quando essa contagem regressiva chegar a zero, esteja pronto para fazer um barulho alegre. A Bíblia diz: ". Deus habita nos louvores do seu povo" Em outras palavras, se queremos que Deus se aproxime de nós, uma das melhores maneiras é começar elogiando-o!
 Finalmente, ore para que Deus leve as pessoas que estão desconectados de Cristo e da igreja,para a sua igreja neste fim de semana.  
É hora de se encontrar com Deus na igreja! Você está pronto agora?
Fonte: ShawnLovejoy.com

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 28 de março de 2012

Para ensinar como os missionários cristãos sofrem, igreja dos EUA sequestra adolescentes com arma de verdade!

A Glad Tidings Assembly of God church, em Middleton, na Pensilvânia, provocou indignação depois de um exercício de ensino que traumatizou um grupo de jovens e deixou alguns com hematomas físicos.
Uma adolescente de 14 anos de idade, disse que dois homens entraram na sala com armas de fogo,  e levaram os adolescentes para uma van.
"Eles mandaram eu ficar deitada no chão", disse a menina. "E eu era a primeira pessoa a entrar na van. Amarraram minhas mãos para trás .Eles disseram: 'faça o que eu digo e voces não vão se machucar".
O grupo de jovens "sequestrado" foi então levado para a casa de seu pastor, onde parecia que o ministro estava sendo atacado.
A menina mostrou as marcas das contusões que sofreu a partir do evento, e afirma que os homens riram enquanto ela chorava na van.
Apesar das reivindicações dos funcionários da Igreja de que o incidente foi apenas para ensinar os adolescentes como é ser um missionário cristão perseguido, pode haver sérias repercussões para a igreja.
"É realmente muito sério",disse Dauphin Fran Chardo, primeiro Vice-procurador distrital do Condado , em um relatório separado. "Cárcere privado de uma criança, alguém abaixo da idade de 18 anos, é um crime de segundo grau punível com até 10 anos  na prisão."
Como  os adolescentes nunca concordaram em participar da "lição", os oficiais da igreja podem estar em problemas legais para o incidente. homem que "seqüestrou" os adolescentes era um policial de folga, usando uma arma real, mas descarregada.
No meio de potenciais ramificações legais, Andrew Jordan, o pastor da igreja, disse que ele ainda vai continuar a realizar esta lição , mas aque agora ele vai pedir a autorização dos pais.
 WHTM TV

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 27 de março de 2012

Se um maluco mata várias pessoas...


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 26 de março de 2012

Carta do Pastor Yousef Nadarkhani aos cristãos

Pastor Yousef Nadarkhani corre o risco de ser executado por apostasia no Irã. Ele escreveu esta carta na prisão em janeiro de 2011, poucos meses depois de receber o veredicto por escrito confirmando sua sentença de morte. O pastor permanece preso em Rasht, sob a ameaça de uma execução que pode acontecer a qualquer momento.


Leia abaixo as palavras de perseverança do pastor e lembre-se de interceder por ele.

"Graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo”.
Portanto, tambem nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos foi proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Hebreus 12:1-2.
Quando alguém compreende a revelação da verdade, essa pessoa estará disposto a compartilhá-la com outras pessoas e com as gerações futuras. Somos gratos às pessoas que, no passado, lutaram pela Verdade, que nos permitem ter acesso a esta gloriosa revelação de Jesus Cristo. Esses crentes entenderam a riqueza e a beleza da revelação, e estavam prontos para lutar a fim de passar adiante o fruto da revelação.
Como podemos dar frutos semelhantes para a vida eterna? Depende esolhas que fizermos. Primeiro temos que fechar os ouvidos para a voz das trevas, como está escrito no salmo primeiro: Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Salmo 1:1.
A segunda coisa é abrir os nossos ouvidos à voz do Espírito falando através da Palavra de Deus, como está escrito: Mas o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Salmo 1:2.
O fruto da A comunhão com o Senhor através da Sua Palavra Vivificante é o que garante a estabilidade nesta vida e impacta a vida de outros gerando frutos eternos, como dizem as Escrituras: E ele será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, que dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. Salmo 01:03.
"Um passo de fé"
Muitas pessoas admiram Jesus como um modelo único a ser seguido por gerações, muitos gostariam de imitá-lo. Jesus não veio para ser apenas admirado, mas nos trouxe um modelo perfeito a ser seguido. Se queremos ser como Ele, precisamos dar um passo de fé, como Pedro. Quando Pedro viu o seu Senhor andando sobre o mar furioso, ele pediu para ir ao encontro de Jesus sobre as águas. Então Jesus disse: "Vem!".
Todos quanto escolheram seguir o Senhor, de alguma forma ouviram antes uma ordem D’ele, dizendo: "Vem!" Uma ordem que implica um passo de fé. Como é evidente nas Escrituras, aquilo que somos capazes de ver não é fé. A fé é bíblicamente definida como: "Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem."
Temos que dar um passo de fé "apesar das dificuldades" ", a fim de experimentar o poder de Deus. Mas precisamos lembrar que tudo deve ser feito de acordo com a Palavra de Deus. Pedro não experimentou a possibilidade de andar sobre as águas porque ele simplesmente decidiu abandonar o barco, mas por causa da Palavra, da Ordem do Senhor. A Palavra de Deus nos diz que "deveremos passar por dificuldades" e desonra por causa do Seu Nome. A nossa fé não será genuina se ignorarmos estas palavras, se não manifestarmos a paciência do Senhor em nossos sofrimentos. Qualquer um que ignora-las será envergonhado naquele dia.
É bom lembrar que muitas vezes o passo de fé nos coloca diante de algumas dificuldades. Assim como a Palavra levou os filhos de Israel a sair do Egito e os colocou diante de um obstaculo chamado Mar Vermelho. Essas  dificuldade se colocam entre as promessas de Deus e cumprimento delas e servem para desafiar e fortalecer a nossa fé. Os crentes devem aceitar esses desafios como uma parte de sua caminhada espiritual. O Filho foi desafiado no Calvário, no caminho mais difícil, como está escrito nas Escrituras: "Durante os dias de vuda na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em voz e com lágrimas, àquele que o podia salvar da morte, sendo ouvido por causa da sua reverente submissão; Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu ". Hebreus 5:7-8.
O clamor "Eli, Eli, lamá sabactâni?" É suficiente para expressar os sofrimentos de nosso Senhor no Calvário. Por trás desse pedido de socorro, podemos identificar a grande fé que o levou a aceitar a vontade do Pai. Sim, Ele sabia que Deus não permitiria que "seu Santo sofresse decomposição”, e que, em três dias, ele ressuscitaria  dentre os mortos. Além do poder da morte, o Senhor enxergou o poder da ressurreição vitoriosa.
Eu não preciso escrever mais nada sobre a base da fé. Lembremo-nos que indenpendente de momentos bons ou ruins, apenas três coisas permanecem: a Fé, a Esperança e o Amor. É importante para os cristãos se certificarem que tipo de fé, esperança e amor permanecerão. Somente o que recebemos de acordo com a Palavra permanecerá para sempre. Eu quero encoraja-lo a viver de forma digna do chamado da Santa Palavra. Permitam irmãos, vocês que são herdeiros da glória de Cristo, serem exemplos para outros, a fim de ser um testemunho do poder de Cristo para o mundo.
Peço-lhes que vivam segundo a Palavra de Deus, a fim de rejeitar as ações das trevas que geram dúvidas em seus corações. A verdadeira vitória que elimina as dúvidas, vem pelo ouvir a Palavra de Deus com fé.
Somente uma igreja baseada nos ensinamentos de nosso Senhor Jesus Cristo subexistirá, longe do auxilio e da proteção da Palavra de Deus o devorador o destrurá.
“Vamos dar um Testemunho Santo. "
Seu irmão em Cristo,
Youcef Nadarkhani

Para saber mais sobre o pastor e outros cristãos perseguidos visite:  http://www.portasabertas.org.br/

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 23 de março de 2012

Pastor que não acredita na ressurreição física de Jesus vai celebrar Páscoa em uma mesquita.

Um plano de realização de um culto de Páscoa em uma mesquita em Sacramento, Califórnia, está causando polêmica entre a comunidade cristã da região.

Alguns estão elogiando o evento, especialmente a generosidade da comunidade muçulmana por fornecer um lugar para o grupo de cristãos que precisavam de um espaço, como uma expressão do respeito mútuo entre muçulmanos e cristãos.

 "Eu sei que eu não acredito na ressurreição física de Jesus, mas eu acredito que seu espírito subiu e seus ensinamentos são muito válidos e transformadores",disse o reverendo Michael Moran, ministro sênior do The Spiritual Life Center. Sua Igreja vai realizar todos os seus cultos  da Páscoa em uma mesquita de propriedade da Sacramento Area League of Associated Muslims (Salam).

 A igreja faz parte do movimento da Unidade, fundada por Charles e Myrtle Fillmore em 1889, que tem crenças que não estão em consonância com a doutrina cristã tradicional. Seu ministério envolve o controverso "um só Deus, muitos caminhos"  e desejos para criar paz e harmonia entre todas as religiões do mundo. Embora eles vêem Jesus como um grande professor, eles não veem Jesus como o único caminho para a vida eterna.

 Quando perguntado por que então ele estava preparando um culto de Páscoa em abril, que celebra um novo nascimento para uma esperança viva através da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, ele respondeu: "Eu acho que há muitas maneiras de olhar para isso."
Enquanto muitos dos membros da sua igreja acreditam na ressurreição física de Jesus, ele não acredita.
"Creio que foi uma  ressurreição espiritual e que é um símbolo do que todo mundo faz quando se elevam acima das velhas crenças e que todos nós podemos ter uma experiência de ressurreição pessoal sempre que vencemos o mundo".

  "No Culto de Páscoa Vou mencionar que existem muitas crenças diferentes em nossa congregação. Que existe a crença  física, e também os que olham para a história como uma metáfora para a ressurreição pessoal e que Jesus nos mostrou uma maneira diferente de viver a vida."

Professor Erik Thoennes, cadeira de Estudos Bíblicos e Teológico na Biola University, no entanto, afirmou que "um culto de Páscoa, onde a ressurreição física de Cristo não é pregada, não é um culto de Páscoa em qualquer sentido, biblicamente ou historicamente."
"Uma Igreja que não segue a Cristo ressuscitado não é uma igreja verdadeira".

O Reverendo Michael Moran disse que a idéia de realizar os serviços de Páscoa na mesquita de SALAM  começou com uma visão. "Em meu sonho, enquando estava dormindo, quando eu estava lutando com esse problema de não ter um local pra celebrar o culto, eu realmente vi um jornal no meu balcão da cozinha que estava escrito 'Páscoa na mesquita", e eu pensei,' Oh,isso isso nunca vai acontecer ", mas quando amanheceu, eu estava dirigindo para o trabalho e essa visão ficou na minha mente.

 "Liguei para o meu amigo Dr. Metwalli B. Amer, que co-fundou a SALAM, e lhe perguntei se a minha Igreja poderia usar seu edifício para adorar durante a Páscoa".
Amer, professor emérito da Califórnia State University pediu a Moran para dar-lhe algum tempo para pensar e orar sobre isso. Depois de alguns dias, ele ligou de volta e disse que a SALAM adoraria recebêr a sua igreja, e sua congregação poderia usar suas instalações durante a Páscoa, sem nenhum custo.
"Nós estávamos totalmente preparados para pagar e ele disse: 'este é o nosso presente para você. Você está em necessidade, você não tem um lugar e nós temos, e a hospitalidade faz parte de todas as nossas grandes tradições espirituais, por favor ,voces são nossos convidados".

 Quando perguntado como Moran consegue conciliar  muitas de suas crenças com o que estava na Bíblia, que ele ensina junto com de outras escrituras religiosas aos domingos, o pastor disse: "Eu não acredito que a Bíblia é a inerrante Palavra de Deus. Eu acredito que ao longo dos anos ela foi mudada, politizada, mas acredito que na Bíblia existe uma verdade, e há também uma série de distorções na mesma. "
Seleção de passagens que incidem sobre os ensinamentos de Jesus de amor, generosidade, aceitação e perdão, Moran escolhe falar em "escrituras bonitas de amor", e não de ódio e condenação.
Em relação à vida após a morte e do céu, ele ensina que não importa qual sistema a pessoa acredita, seja  no céu ou na reencarnação ", onde você vai e o que acontece com você é determinado pela forma como você vive sua vida agora."

 "Eu confio que tudo o que está esperando por mim será bom e que ele será tão bom quanto eu sou capaz de viver agora em minha vida diária. Se eu posso ser mais semelhante a Cristo, então eu não acho que tenho que me preocupar com o futuro. "
O Professor Erik Thoennes rejeitou essas opiniões. "Um pastor que redefine a fé cristã para se encaixar com as sensibilidades contemporâneas, em vez de seguir todo o conselho da palavra de Deus, não é pastor, mas um falso mestre."
"Vivemos em uma época onde as pessoas sentem uma grande liberdade para usar as palavras pesadas com conteúdo insípido", concluiu. "[Moran] pode chamar a si mesmo um cristão, mas Jesus ainda consegue definir o que o cristianismo realmente é."
"Tolerância sem verdade é profundamente desamor. Cristo nos disse para falar a verdade em amor, e fazer discípulos de todas as nações. "
Por Eryn Sun 
 Christian Post


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 21 de março de 2012

Você se lembra do momento exato de quando você foi salvo?

27 de outubro é uma data importante para mim.

Naquele dia, muitos anos atrás, eu era um jovem garoto andando sozinho sob um céu estrelado na minha cidade de Biloxi, Mississipi, eu estava lutando com quem eu era e o que iria fazer da minha vida. E ali, olhando para o firmamento do espaço lá em cima, eu pedi ao SENHOR que me perdoasse, e me levasse para onde quer que Ele fosse. O Evangelho não era novo para mim, e os ensinamentos de Jesus não eram novidades para mim. Anos e anos de Escola Dominical e União de Treinamento e Escolas Batistas Bíblicas de Férias ,eu participei de tudo. Mas, de alguma forma, eu sabia naquele momento que o ponto central de todas essas coisas era verdade: o Evangelho. Era como se eu ouvisse uma voz.

A razão de eu escrever isso é porque minha história não é nada igual a da maioria dos cristãos que eu conheço, e muitos se sentem culpados por isso. Muitos acreditam que se eles realmente têm abraçado o Evangelho, tem que ter um momento, uma data, que eles possam apontar como o instante em que passaram do reino das trevas para o reino da luz.

Às vezes, nossas igrejas reforçam este mal-entendido. Pregadores falam sobre a certeza da salvação como se fosse simplesmente lembrar uma experiência passada. As pessoas que  permitimos darem testemunhos em nossas igrejas e em nossas publicações, todas parecem ter uma história dramática para contar.

 Isso não é o que o Evangelho diz.

Em nossa cultura, fazemos festa pra celebrarmos os aniversários. Outras culturas não. Eu poderia te perguntar agora: "Quando você nasceu", e você provavelmente poderia me dizer a data, mês e ano. Mas como você sabe disso? É porque havia pessoas lá, geralmente seus pais, que poderiam lhe dar essa informação. Você não se lembra quando nasceu, o momento do parto (e isso é provavelmente uma coisa muito boa).

Outras pessoas, em outras culturas, em outros momentos, não reconhecem datas, mas as estações. Eles podem não saber o dia no calendário semanal ou o ano no calendário solar que nasceram. Mas será que eles se perguntam se estão vivos? Claro que não. Como você sabe se você  na verdade nasceu? Você olha pra você mesmo e pode ver que está vivo ... agora.

Não é por acaso que Jesus compara a entrada no Reino de Deus ao nascimento físico. Há uma espécie de impotência que experimentamos na biologia e história dos nossos nascimentos. Ninguém pode se gabar de um parto fácil. Ninguém deve se sentir culpado se  nasceu de uma cesariana. O importante é que você está aqui.

O mesmo é verdadeiro para o Evangelho. Alguns de vocês foram levados a Cristo de maneira repentina  e dramática,talvez você "levantou a mão" em um apelo. Talvez no passado você era uma prostituta ou um bêbado ou um senhor da guerra, mas deu lugar a uma direção radicalmente diferente, como um discípulo. Nisso, sua situação é bastante semelhante a do apóstolo Paulo. Outros de vocês, embora salvos  em algum ponto no passado, não são capazes de identificar esse momento. Sua memória é de uma realização lenta do Evangelho, e você não pode necessariamente identificar quando você se converteu durante esse tempo. Sua situação parece mais a de Timóteo, discípulo de Paulo.

É importante marcar as datas, como formas de inspiração e pra dar ação de graças. Se você sabe quando você se encontrou com Jesus, guarde essa lembrança em sua mente e seja grato. Se você não se lembra do momento exato, seja grato pela a vida em Cristo e marque outras datas, quando ele se mostrou verdadeiro e fiel a você.

 A questão crucial não é se você se lembra quando Jesus tirou você das trevas. Talvez você estava quase inconsciente. O aspecto fundamental é se você ouve a sua voz, talvez em algum lugar lá fora no escuro, na frente de você, te chamando para a frente, agora.

 Russell D. Moore é reitor da escola de teologia na Southern Baptist Theological Seminary, em Louisville, Kentucky
 

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 20 de março de 2012

Ex- Padre participa da inauguração de Igreja Batista na Itália

Foi inaugurada neste final de semana a Igreja Batista Evangélica de Valconca, filha da IB de Cesena e fruto do projeto Tu Me Amas? (Ação Missionária na Itália), desenvolvido pelo casal missionário Fabiano e Anne Nicodemo. O primeiro culto desta nova agência do Reino de Deus aconteceu na tarde deste domingo (18) e contou com a presença de membros da igreja-mãe e do ex-padre Luca De Pero.
À frente da IB de Valconca ficará o Pr. Fabiano Nicodemo, que continua como pastor em Cesena, onde os cultos acontecem pela manhã. À tarde, o missionário viaja 65 quilômetros para participar do culto na nova igreja.
Segundo o Pr. Nicodemo, a nova igreja está sendo sonhada há bastante tempo, mas só começou a tomar forma nos últimos oito meses, e a igreja em Cesena se envolveu diretamente na preparação e arrumação do novo espaço, e agora está envolvida na oração e evangelização.
“Estávamos aguardando para onde Deus nos encaminharia”, conta o missionário. “Depois que alugamos um salão, passou-se um mês e agora estamos prontos para seguir em frente”, acrescenta.
A nova igreja funcionará na região onde Luca exercia as funções de padre. Por isso, a abertura da igreja em Valconca está tendo grande repercussão regional.
Segundo o Pr. Nicodemo, o bispo católico Luigi Negri escreveu uma carta às paróquias da diocese em que acusa os evangélicos de hereges, além de tentar denegrir a nova igreja.
“Estamos felizes e tranquilos. Comunicamos o fato à UCEBI (convenção batista italiana), que nos deu apoio. No momento oportuno, enviaremos uma comunicação oficial ao bispo. Ele está fazendo uma verdadeira propaganda para nós, e isso tudo nos dá ainda mais coragem e nos desafia a seguir adiante”, conta o Pr. Nicodemo. “O projeto Tu Me Amas? é isso: fundar uma nova igreja onde não existe nenhuma igreja evangélica de nenhum tipo”, finaliza.
Informações da Junta de Missões Mundiais da CBB

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 18 de março de 2012

"Tudo o que a Cruz Vermelha fala é sobre Dinheiro"


Eu nunca vi ninguém queixar-se de que a Cruz Vermelha fala demais sobre o dinheiro. No entanto, se você receber qualquer e-mail deles é sempre em algum momento lhe pedindo para doar. De fato, se você olhar para ele cada pedaço de e-mail de uma instituição de caridade, será pedindo dinheiro. Porque é que ninguém reclama que a única vez que a Cruz Vermelha entra em contato através de email, é para pedir dinheiro?
Em parte, uma das razões é que estamos de acordo com o que a Cruz Vermelha está fazendo. Apoiamos a sua missão e achamos certo que eles peçam dinheiro. Ninguém se queixa de que a maioria dos emails são sobre o dinheiro. Nós entendemos que, para fazer o que fazem eles precisam de dinheiro.
 A igreja é criticada quando fala sobre dinheiro. Há um mito, que é predominante, de que tudo o que uma igreja nunca fala é sobre dinheiro.
O fato é que a igreja não fala sobre dinheiro o suficiente! Estudo após estudo mostrou que as igrejas não falam muito sobre o dinheiro em tudo. No entanto, como em muitas coisas, os americanos não querem ser confundidos pelos fatos. Para muitas pessoas um sermão ,em um único domingo do ano sobre dinheiro ja é muito! Por que isso? Por um lado o dinheiro é o deus do nosso tempo e nós simplesmente não gostamos de participar com ele.
Sim, mas por que então está certo para a Cruz Vermelha  falar muito sobre dinheiro e a igreja é criticada se falar de dinheiro ? Aqui estão algumas razões que eu acho que a igreja precisa considerar:
  
Nós estamos deixando  o mundo definir a agenda, quando deveria ser a igreja que deveria definir a agenda. Em política tudo é questão de percepção. Os políticos trabalham duro para definir a agenda na mente dos eleitores do que  é benéfico para o político. Quer queiramos ou não, nós não definimos a agenda ou a conversa de uma forma positiva. O resultado é que muitas vezes pedimos desculpas ao pedir doações ao invés de simplesmente compartilhar a importância da doação. A igreja precisa definir a conversa e não se retirar dela.
 
Não conseguimos contar uma história convincente. Quem construiu a maioria dos hospitais na América? Os  Cristãos! Quando a crise atinge todo o mundo quem são os primeiros a responder? Os Cristãos!  A igreja faz muitas coisas boas na sociedade e raramente fala sobre essa história . Se você olhar para qualquer informação da Cruz Vermelha verá que é  sobre  contar a sua história. As pessoas doam a uma história convincente! Faça a sua história atraente e as pessoas vão doar para ela.
 
Como a Igreja pode mudar a conversa sobre o dinheiro? Eu acho que nós precisamos redefinir a conversa e a seguir são algumas idéias-chave para esse fim:
 
Não se trata de dinheiro, é sobre missões. A Igreja está na missão de levar a Boa Nova de Jesus a um mundo perdido e agonizante. Missões começa no estacionamento da igreja e vai a todo o mundo. Quando uma crise como o terremoto no Haiti aconteceu a igreja foi a primeira a aparecer pra ajudar, porque a Igreja já estava lá fazendo missões graças aos cristãos que deram dinheiro em suas igrejas locais. Quando eu dou dinheiro a minha igreja, eu estou dando para missões!

 Não se trata de dinheiro, é sobre o ministério. Quem visita você quando você está no hospital? Não é o seu deputado,ou vereador! Quem aconselha você quando você tem uma crise? Não é aquele médico famoso da TV . Doações para uma igreja permitem que a igreja possa fazer isso. Esse ministério afeta as pessoas localmente, mas também impacta a mim. Minhas doações são devolvidas para mim através dos ministérios da Igreja, que me ajudam quando eu preciso, estou no hospital por exemplo.
E o maravilhoso é que os ministérios da Igreja ajudam as pessoas, mesmo se elas fizeram uma doação ou não. Eu não consigo entrar no meu plano de saúde sem pagar minhas dívidas, mas ninguém na igreja fecha as portas para pessoas que não pagaram suas dívidas. Quando eu dou a minha igreja, eu estou dando para o ministério.
 
Não se trata de dinheiro, é sobre a obediência. Quem é que se queixa quando a igreja fala sobre dinheiro? Pessoas perdidas carnais. Pessoas que não têm a obediência ao chamado de Jesus ficam reclamando. Verdadeiros discípulos cristãos entendem que doar é uma parte de ser um crente. É uma questão de obediência. Quando eu dou a minha igreja, eu estou sendo obediente ao chamado de Jesus.
A Cruz Vermelha nunca se desculpa por pedir doações. No entanto, ouvi inúmeros sermões sobre dinehiro e doações começando com o ministro pedindo desculpas para falar sobre o tema.
Se realmente acreditamos que o que estamos fazendo é obra de Deus, então por que nós hesitamos em perguntar os cristãos se eles podem doar? Vamos parar de se desculpar por pedir dinheiro para missões. E hora de dar ao assunto  sobre a doação  uma nova luz e contexto. Fale sobre os programas de ajuda que a sua igreja faz e veja a diferença.
 
 Mark Brooks

Ps do Blog: E claro que o autor fala das igrejas sérias e não das igrejas que pregam a teologia da prosperidade. Muitas igrejas honestas tem medo de falar sobre dinheiro e serem confundidas com essas Igrejas que pregam essa teologia errada da prosperidade. 




COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 14 de março de 2012

Os Garotos Perdidos do Sudão do sul e a Fé no "Fim do Mundo"


Wendi Dwyer (Relações Públicas do "Garotos Perdidos Reconstruindo o Sul do Sudão)


O "Fim do Mundo" não é uma data, é um lugar. Eu sei porque um vôo da ONU me deixou lá há cerca de um mês atrás. É no Norte de Bahr El Ghazal no sul do Sudão.
Estou certa de que há lugares no mundo menos equipados para sustentar a vida, mas não muitos. Para a maioria dos cidadãos não há água potável, sem eletricidade, sem sistema de esgoto, sem acesso à ajuda médica, não escapam do calor implacável e uma fonte de alimentação inadequada.
Os poucos recursos que existem estão acabando e a população aumenta diariamente. Isto é devido à chegada de pessoas que fogem dos ataques na região disputada entre Sudão e o novo Sudão do Sul.
Apesar de tudo isto ninguém parecia em pânico. Na verdade havia um ar de esperança e dignidade que não corresponde as circunstâncias, eu estava observando.

 Esta esperança é provavelmente o que me levou para lá, em primeiro lugar. Eu experimentei pela primeira vez há sete anos quando recebemos a Família Wandi em nossa casa. Eles eram refugiados do sul do Sudão. O Wandis não tinham  eletricidade, chuveiros, banheiros.
Os Wandis chegaram no aeroporto de O'Hare, com nada mais do que as roupas em suas costas. Seus dois filhos, Bill Clinton Wandi, 6, e Nelson Mandela Wandi, 4, estavam se equilibrando sobre sapatos que eram maiores que seus pés. Descobriu-se que estavam descalços e alguém colocou estes sapatos doados em seus pés para que eles pudessem embarcar no avião na África.
No jantar, uma noite meu filho mais velho perguntou a Bulus Wandi, o pai, por que tinham vindo para a América. Bulus tomou um grande fôlego, parou por um momento e depois começou a nos contar sobre o dia em que os homens armados chegaram a cavalo para sua aldeia. Ele tinha cerca de 8 anos de idade na época. Ele não tinha idéia de quem mandou esses homens, mas esses homens disseram aos aldeões cristãos que teriam de seguir os caminhos do Islã ou teriam dificuldade na aldeia

Seu irmão, que tinha 14 anos, falou: "Não temos medo de você! Nosso Deus vai nos salvar!"
Então Bulus nos contou como os homens envolveram o seu irmão em alguma coisa, penduraram em uma árvore e colocaram fogo nele. E então Bulus triunfalmente anunciou: "E Deus o salvou!" Meu filho perguntou: "Ele viveu?" E Bulus disse em plena confiança: "Não, Deus o salvou."
Sua fé no amor de Deus e na promessa do céu foi inabalável. Mesmo que seu irmão foi brutalmente assassinado diante de seus olhos, ele não duvidou da presença de Deus . Sua visão do evento foi estranho para nós, e isso nos fez questionar a profundidade da nossa fé. Era a nossa fé em um Deus que nos ama e nos ajuda, mesmo nas circunstâncias mais horríveis da terra?
Ao longo dos anos ouvi histórias de fé como estas de muitos amigos sul-sudaneses. Ao contrário de mim eles viram  Deus claramente em circunstâncias difíceis. Eu não sabia que eles estavam ajudando a fortalecer a minha fé até que eu fui diagnosticado com retinite pigmentosa, que é uma doença ocular incurável que continua a diminuir a minha visão. Eu não tenho mais visão suficiente para conduzir e muitas coisas que eu costumava fazer estão se tornando mais difícil.
Eu sou uma artista. Minha visão é essencial, como é para todos nós. Se você tivesse me dito há cinco anos que eu estava ficando cego, eu teria entrado em pânico, e provavelmente,com raiva de Deus. Tem sido difícil, como a minha visão continua a piorar, mas surpreendentemente eu tenho paz.
Desde 2006 eu ajudo um grupo de garotos perdidos a contarem suas histórias e arrecadarem fundos para ajudar a educar os alunos do sul sudanês. Até o momento a nossa organização,Lost Boys Rebuilding Southern Sudan (Garotos Perdidos reconstruindo o Sul do Sudão) , fez apresentações em mais de 60 universidades e escolas secundárias, incluindo a Universidade de Chicago. Mensagens de The Lost Boys "-" nunca desistir "," se ajudando mutuamente" e " sei que você nunca estará longe de Deus "-  até ajudaram a prisioneiros na véspera de Natal. Agora, ele está ministrando para mim.

 Agradeço a Deus por trazer esse grupo dedicado e fiel de jovens na minha vida. Em meados de 1980, os Meninos Perdidos tinham de  5 a12 anos de idade quando eles fugiram os ataques dos Janjaweed em suas aldeias. Suas casas foram queimadas, muitos de seus pais assassinados e suas mães e irmãs eram muitas vezes levadas como escravas. As pessoas que atacaram as aldeias eram apoiadas pelo governo sudanês muçulmano de Cartum, que estavam tentando acabar com as pessoas não muçulmanas do sul do Sudão para que eles pudessem ter o controle da terra e os recursos, como o petróleo. The Lost Boys andaram mais de mil quilômetros para  a segurança na Etiópia. Os rapazes trabalharam duro para manter-se mutuamente encorajados e vivo durante esta longa jornada. Mais de 27.000 meninos alcançaram a Etiópia, e ainda muitos morreram pelo caminho.
Ao longo dos anos minha família tem ajudado muitos Garotos perdidos a se candidatar a empregos, economizar dinheiro por ficar com a gente a curto prazo, comemorar feriados e se adaptar à vida na América. Mas acima de tudo nós nos comprometemos a vinda ao lado deles para ajudar a trazer a educação para o Sul do Sudão. A educação é necessária para trazer a paz e estabilidade.
Nós poderíamos nunca ter imaginado quão abençoados seríamos por essas relações. Quando eu compartilhei o meu diagnóstico com os Garotos Perdidos ,eles imediatamente me disseram para nunca desistir, eles iriam me ajudar ao longo dos dias e que Deus vai mostrar-se poderosamente através desse problema.
Eles me ajudaram muito e até me  incentivou a viajar para o Norte de Bahr El Ghazal com eles para fazer os preparativos para a abertura de nossa nova escola.
Isso me leva de volta para o "Fim do Mundo". Como eu estava me sentindo vulnerável lá no Norte Bahr El Ghazal, sem qualquer das coisas que me fazem sentir seguro na América, comecei a me perguntar sobre minha fé. A minha fé está em Deus ou é realmente a medicina, o sistema legal, as minhas contas bancárias e todas as outras instituições que me fazem sentir protegida?
Lembrei-me de minha amiga, Rachel, perguntando-me porque eu estava preocupado por ter que viajar para sua terra natal, Sul do Sudão. Minha lista de preocupações parecia irrelevante para ela. Ela respondeu à minha longa lista com "Você sabe que Deus estará com você lá, também. Ele protege você agora, Ele não vai deixar você quando você deixar a América." A força em suas palavras quase derreteu a minha lista no ar.
Se a minha confiança está em Deus, como é para muitos dos Cristãos sudaneses do Sul  e aqueles que eu conheci no Norte Bahr El Ghazal, então eu olharei para Deus com confiança e expectativa, esperançosa em qualquer circunstância. Agora eu entendo a esperança e a dignidade que me confundiu quando cheguei. É o resultado da fé incondicional.
Northern Bahr El Ghazal não é realmente o "Fim do Mundo". No entanto, o Sudão do Sul precisa de ajuda para se levantando das cinzas após 50 anos de opressão e 30 anos de guerra sob o controle do Sudão, ao norte. Mais de 3 milhões de sul-sudanês perderam suas vidas, enquanto lutaram pela independência. Por favor, manifestar seu apoio do Sudão do Sul para os seus senadores e deputados federais. Encorajo-vos a voluntariar e doar para organizações que trabalhemm para trazer poços, escolas, abastecimento de alimentos e ajuda médica para esta nova frágil nação.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Ateus colocam outdoor e provocam a ira dos Negros


 Por Diana Fishlock
(Religion News Service)

Harrisburg, na Pensilvânia - O outdoor ja foi retirado, mas o problema não acabou.

Um outdoor erguido em um dos bairros com mais diversidade racial da cidade apresentou um escravo Africano com a citação bíblica, "Escravos, obedecei a vossos senhores." Durou menos de um dia  até que alguém o rasgou.

Agora, a Comissão de Relações Humanas da Pensilvânia está investigando e se reunindo com  os ateus que patrocinaram o outdoor, e com líderes da NAACP(grupo de direitos dos negros) que acharam o outdoor racista e ofensivo.

Os ateus que colocaram o outdoor disseram que eles estavam tentando chamar a atenção para a recente designação da Casa Estadual(Legislativo) que colocou o ano de 2012 como "O Ano da Bíblia" - Os ateus acharam isso ofensivo.


Mas havia a preocupação de que colocar esse outdoor éra brincar com fogo.

"Se isso tivesse sido feito em Detroit, teria acontecido um motim", disse Aaron Selvey , que visitou o local do outdoor um dia após o outdoor ser colocado e, mais tarde demolido.

"Nós não queremos que as coisas se transformem  em tensão ou violencia na comunidade, por isso, tentamos resolver situações como essa de imediato", acrescentou Shannon Powers, porta-voz da Comissão de Relações Humanas da Pensilvânia. 

O outdoor foi rapidamente substituído por um anúncio da Symphony Orchestra Harrisburg.

 Ernest Perce V, o diretor estadual da  Ateus Americanos, disse que não vai apresentar queixa contra quem danificou o outdoor que ele projetou, e disse que também é uma vítima depois de receber ameaças de morte.

"Esperamos que as pessoas possam ver um pouco de discriminação temos sofrido", disse Perce, que ofendeu os muçulmanos locais no ano passado quando ele se vestiu como um "Zombie Maomé" em um desfile de Halloween.

Perce e os patrocinadores ateus da Billboard disseram que eles estão consternados que as pessoas se sentiram ofendidos com a imagem em vez do que chamou de injustiças na Bíblia e legisladores nomeando 2012 "O Ano da Bíblia".

Perce disse que vai avançar com um outdoor em uma campanha estadual contra a Bíblia e contra a legislação.

"Nós pedimos que você vire a sua raiva para a Casa de Representantes", disse ele, acrescentando que seu grupo não apóia ou tolera a escravidão enquanto a Bíblia, que ele chamou de "mal", faz.

 Brian Campos, presidente dos descrentes da Pensilvânia, compreende a imagem era provocador.

"Eu quero dizer que eu realmente sinto muito que muitas pessoas não entenderam este outdoor. Nunca foi nossa intenção de usar a raça como a nossa mensagem em si", disse Campos.

"Eu não sei se isso teria tido o impacto, o mesmo significado se não fosse feito dessa forma. A imagem mostra as conseqüências da declaração de que a Bíblia faz."

Andrew Rebuck, gerente geral do escritório de Publicidade Lemar em Lemoyne, Pensilvânia, disse que sua empresa irá rever todas as imagens dos ateus antes de postar quaisquer novos outdoor.

"Nós não endossamos a mensagem", disse ele.

Stanley Lawson, presidente do Ramo Grande Harrisburg da NAACP, disse que seu grupo não advogava derrubar o outtdor ", mas, rapaz, eu fiquei satisfeito por isso ter sido feito."

"Isso causou muita mágoa e muita dor na comunidade. Eu recebi mais telefonemas sobre isso do que eu tinha recebido sobre outros problemas nos últimos três ou quatro anos. Não foram apenas pessoas idosas, pessoas jovens também se sentiram ofendidas pelo outdoor "
 Selvey, o homem que visitou o local do outdoor e fez a comparação com Detroit, falou que o outdoor mecheu com sua alma.

"Essa imagem,era sobre meus antepassados. Isso representa sua luta e toda a dor que passei", disse ele. "Eu não acho que um monte de gente irá entender como isso é ofensivo. 

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 12 de março de 2012

Aumento no número de turistas que visitam as Igrejas do Harlem causam transtornos aos membros.



 O aumento no número de turistas que visitam as Igrejas do Harlem, nos EUA,  está causando transtorno aos membros dessas Igrejas. É comum o número de turistas em cada culto ser até maior do que o numero dos membros que pertencem á igreja.
Muitos turistas chegam atrasado, fazem coisas que não são permitidas e o pior, na hora do sermão eles vão embora. Eles visitam a igreja pra ver as maravilhosas apresentações de música gospel, mas na hora que vai começar o sermão, muitos vão embora.
 "Queremos que você permaneça no local durante a pregação do Evangelho", disse um membro da igreja usando o microfone em uma igreja  do Harlem no inicio do culto em uma recente manhã de domingo. "Mas se você tiver que ir, vá agora. Vá antes que o pregador começar a pregar."
 Ninguém saiu nessa hora. Mas no meio do sermão, um grupo de meninas francesas foram em direção à saída. Um membro da Igreja não gostou muito disso,mas não fez nada.
O confronto entre os turistas e membros da congregação acontecem todos os domingos na Mother African Methodist Episcopal Zion Church, a mais antiga igreja negra no estado de Nova York. É uma das muitas igrejas do Harlem, que se tornaram atrações turísticas para os visitantes de todo o mundo que querem ouvir a música gospel com alma em um culto na igreja negra. Com um número recorde de turistas que visitaram a cidade de Nova York no ano passado, multidões de estrangeiros estão se tornando uma fonte de irritação entre os devotos fiéis.
 Para preservar a santidade do serviço, os pastores se esforçam para impor regras estritas de conduta. Mas a realidade é que esses visitantes estão, muitas vezes preenchendo bancos da igreja, que de outra forma permaneceriam vazio - e enchendo o cesto de coleta com notas de dólares.
"Nosso prédio está precisando de reparo",diz um membro da igreja. "Nós precisamos de ajuda. Eles estão ajudando a nos sustentar."
As regras são bastante simples: Nenhuma fotografia, não sair durante o sermão. Eles são impressos em folhetos e cartazes em vários idiomas e anunciados no início de cada serviço. Mas eles são muitas vezes ignorados. Um membro da igreja percorria os bancos, como guardas de segurança, parando mais de uma pessoa de filmar em câmeras digitais.
 
 "Eu entendo que você está visitando e você quer ter uma lembrança do culto", disse Carlos Smith-Ramsay, que se juntou a igreja há vários anos. "Mas quando pedimos que pare e  você continua a fazer após o pedido, isso é desrespeitoso."
Algumas igrejas oferecem assento exclusivo para os turistas, enquanto outros exigem uma lista especificando de quais países que os turistas são provenientes e se eles falam Inglês.
E proíbem as empresas de turismo de fazerem a publicidade das igrejas na esperança de reduzirem o número de visitantes indesejados.
O reverendo Gregory Smith Robeson,, se recusa a trabalhar com as empresas de Turismo. Ele nem sequer gosta de usar a palavra "turista", preferindo chamá-los de parte de sua "congregação internacional." E ele não vai mandar ninguém embora.
 "Eu me recuso a comercializar a experiência de adoração da igreja", disse ele. "Você não pode exigir dinheiro das pessoas para que experimentem o Senhor, para vir e orar. Eu acho que é injusto."
No entanto, a presença dos turistas é inegável. Na igreja dele, havia cerca de 200 deles, sobrepujando a congregação, pelo menos, 5 a 1.
 "Eles querem ver o que viram na televisão", disse Larcelia Kebe, presidente do Harlem Your Way! Tours ilimitados. "Eles querem ver o que tinham visto nos filmes."
A indústria de turismo do evangelho explodiu desde que nasceu no início de 1980. Em um verão ocupado de domingo, Harlem Spirituals, uma das maiores e mais antigas operadoras de turismo  pode trazer 15 ônibus lotados, disse Erika Elisabeth, uma vice-presidente da empresa.
 Os preços dos ingressos podem custar até US$ 55. A maioria das igrejas tem uma parte dos lucros. Outras,como a Mother African Methodist Episcopal Zion Church, ganham dinheiro incentivando os visitantes a deixarem  uma doação  na cesta de coleta.
 Durante seu sermão, Smith apelou à congregação para ajudar a pagar a reparação do velho Órgão da igreja
"Precisamos  de 1.200 dólares para fazer o trabalho", disse ele. "Eu preciso de 12 pessoas para me dar U$$ 100."
Sem o dinheiro dos turistas, o órgão nunca poderia ser consertado. A Mother African Methodist Episcopal Zion Church está morrendo, e há muito poucos jovens  para preencher o fosso entre as gerações.
Esse não é o caso em todos os lugares. Ao virar da esquina, é a próspera Abyssinian Baptist Church, sem dúvida,a que atraí mais turistas para o bairro, onde os visitantes tem que muitas vezes voltar pra casa, porque os bancos estão muito cheios.
 Celeste Lejeune, 16, de Paris disse: "Eu gostaria apenas de ouvir as vozes das pessoas que vivem no Harlem, e ver a atmosfera", disse ela. "Não temos música como essa na França."
Isso é precisamente o tipo de perspectiva que desanima a congregação, que gostaria de acreditar que os turistas vêm para ouvir a palavra de Deus, para ser transformado pelo poder das Escrituras.
 "Dentro desse local que é para ser sagrado, você tem, talvez para alguns dos membros, essa invasão do secular e profano", disse Margarita Simon Guillory, professora assistente de religião da Universidade de Rochester, NY.

Membro antigo de uma congregação , Dabney Montgomery, 88, um aviador de Tuskegee durante a Segunda Guerra Mundial e um ativista dos direitos civis, acredita que os turistas estão tendo uma rica experiência:  "Ao ouvir a música Gospel, ganham algo que eles não esperavam", disse ele. "A palavra de Deus" 
 Por Meghan BARR

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 10 de março de 2012

Pastor Rick Warren responde aos acusadores.


Querida família Saddleback,
Uma semana atrás, um repórter publicou um artigo no Orange County Register sobre a Igreja de Saddleback, que continha muitos erros :
  • Ele considerou, erradamente, que temos uma parceria com uma mesquita muçulmana local.
Isso é falso.
  • Ele relatou erroneamente que nos concordamos em não evangelizar com os muçulmanos.
Isso é falso.
  • Ele informou erroneamente que acreditamos que Saddleback e os muçulmanos adoram o mesmo Deus.
Isso é falso
  • Usou  uma imagem do nosso novo Centro de PAZ  como o exemplo de um programa de cooperação com os muçulmanos.
Isso é falso.
  • Ele relatou erroneamente que a nossa igreja criou um documento teológico com os muçulmanos.
Isso é falso.

 Normalmente, tentamos ignorar as falsas declarações prestadas pelos meios de comunicação e especialmente os blogueiros irresponsáveis, porque
1) Reagir a cada notícia falsa levaria a maior parte do nosso tempo,
 2) É quase impossível desfazer  os danos , uma vez que é divulgada na Internet,
3) Deus sabe a verdade e Ele é o único que devemos agradar,
4)  Cristo permaneceu em silêncio diante de falsas acusações,
5) Deus nos abençoa ainda mais toda vez que nós confiamos a Ele a nossa a  defesa, e
6) Nós temos tarefas muito mais importantes a realizar com nosso tempo.
  Quando os adversários atacaram publicamente  Neemias por causa da obra que Deus tinha atribuído a ele, Neemias respondeu sabiamente, dizendo: "Aí eu mandei mensageiros a eles com o seguinte recado: — Eu estou fazendo um trabalho importante e não posso descer até aí. Eu não vou deixar este trabalho só para ir falar com vocês. '"(Neemias 6:3) Quando as pessoas já decidiram que não gostam de você, nada que você diga vai mudar as suas mentes, nada ... a verdade, fatos, provas , a lógica . Eles apenas ficam mais na defensiva e com raiva. É um desperdício do seu tempo. Nós já vimos isso durante a semana passada.
 Mas porque você valoriza a verdade, eu concordei em fazer uma entrevista para corrigir os erros do artigo, e enviá-lo para você.
Claro, qualquer coisa que eu escrever para você também se torna público. Uma vez que a minha entrevista foi lançada, os blogueiros que odeiam a Saddleback se recusaram a aceitar os fatos, e eles começaram a procurar outra coisa para atacar ou para afirmar que eu havia mentido.
Desde que eu não fui perguntado na entrevista sobre o quinto erro (que Saddleback tinha assinado um acordo teológico com os muçulmanos) Os blogueiros começaram a procurar uma brecha, ou até mesmo um "encobrimento".
Claro, Saddleback nunca concordou com qualquer documento teológico com os muçulmanos! Nenhum acordo ou documento poderia ser aprovado sem o nosso consentimento! Mas a primeira vez que nossos pastores e eu ouvimos falar de um documento era o do artigo! Então, esta semana eu procurei de onde que eles poderiam ter tirado essa história e está aqui que eu encontrei:
 Um membro de Saddleback começou um estudo da Bíblia, chamado Caminho do Rei, com alguns de nossos amigos muçulmanos. Durante o estudo, eles começaram a escrever coisas que eles notaram que muçulmanos, judeus e cristãos poderiam ter em comum: Eles perceberam que os tres grupos acreditavam no Grande Mandamento ("Amar a Deus de todo coração, e amar o próximo como a ti mesmo"), todos os três aceitam o Antigo Testamento como Escritura (e muçulmanos afirmam aceitar o Novo Testamento também) e todos os três são monoteístas (um só Deus). Eles apresentaram estes pensamentos no jantar de Natal em dezembro. É isso aí! Fim da história! Ele não foi adiante. Nenhum documento foi assinado. Nenhum acordo foi feito. Nenhum pacto foi aprovado. Foi apenas dois homens que partilham as suas observações durante o jantar de estudo da Bíblia a respeito do que muçulmanos, judeus e cristãos têm em comum.
 Essa é uma diferença enorme na forma como foi relatado. Não foi uma nova parceria. Não foi uma aliança teológica. Não existe uma nova religião chamada "Chrislam."
 O fato é que o documento do estudo nunca foi sequer visto por qualquer um na equipe de Pastores de Saddleback.
  Nenhum reporter do Orange County Register veio até nós perguntar se existia esse acordo! Mas agora ficamos sabendo que haverá um segundo artigo deste domingo , dando mais um motivo  para os atacantes que não conhecem os fatos também. Portanto, não se surpreenda se ele estiver errado de novo.
 Deixe-me ser claro: Este mal-entendido todo não é nem culpa de membros de Saddleback, nem culpa dos nossos amigos muçulmanos que aceitaram o convite para estudar a Bíblia juntos. É o resultado dos relatórios errados e da vontade dos blogueiros irresponsáveis ​​que nos odeiam que acreditam  em qualquer coisa negativa publicada sobre a nossa igreja. Eles atiram primeiro, publicam um texto, em seguida, pedem esclarecimentos depois de terem feito o estrago, e, finalmente, eles nunca pedem desculpas quando mostramos que eles estão errados.
 Este incidente também serve pra mostrar como existem pessoas que acreditam em tudo que publicam na internet, sem checarem os fatos e mostra também a disposição dos cristãos para passar notícias ruins sobre os outros que não podem confirmar. Quando as pessoas querem acreditar no pior sobre você, elas sempre passam notícias negativas sem validá-las primeiro. É uma questão de motivação.
"Só um tolo acredita que tudo que ouve! Um homem prudente compreende a necessidade de prova. "(Provérbios 14:15)
Essa é toda a  história. Vamos continuar a ignorar os blogueiros irresponsáveis ​​que só querem criar confusão, mas vamos mantê-lo informados quando grosseiras mentiras forem contadas sobre a nossa família da igreja. Eu amo todos vocês!

Rick Warren 


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 9 de março de 2012

Ordem de culto na Betesda

Ricardo Gondim é um pastor chique. Sempre vai a New York participar de corridas. E um pastor intelectual, inteligente. E agora vou mostrar pra vocês uma ordem de culto da sua Igreja:


Abertura: Com uma musica de abertura, Ricardo gondim dá as boas vindas aos participantes. A música de abertura é uma MPB da década de 60.


Leitura: Um membro da betesda faz uma leitura de um poema do Mia Couto. Gondim complementa dizendo que esta fascinado pela obra do autor, e recomenda a todos da betesta que façam grupos de estudo e leiam o Livro.


Música: Um grupo da betesda  toca duas músicas de Chico Buarque. Gondim anuncia que a betesda está organizando uma caravana para assitir ao show do Chico Buarque.

Diversidade: Mostrando que na Betesda não existe intolerância, o pastor Gondim convida um grupo de Candomblé pra fazer uma apresentação. Os músicos tocam tambores e dançam na betesda.
Gondim diz que não podemos ser intolerantes, por isso anuncia que no próximo domingo será a vez do grupo Espirita fazer uma apresentação.

Mensagem: Gondim sobe ao púlpito. E fala sobre o Movimento dos Sem Terra, dizendo que eles lutam pra um Brasil melhor. Depois de citar um texto escrito por Leonardo Boff, Gondim fica muito emocionado.

(Ps: Claro que isso foi uma ironia. Tenho que explicar isso, porque senão um monte de evangélicos vão acreditar que isso aconteceu,rsrsrs
Esse texto serve como uma crítica em forma de humor. Eu sei que existe gente comprometida com Cristo na Betesda, sei que muitos vão entender o que eu quis dizer com essa ironia.)


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 8 de março de 2012

Os batistas e a quaresma.

 Os batistas celebram a quaresma? Os evangélicos participam disso? Leia um texto sobre isso que publiquei ano passado:
 
"...A maioria vai observar Advento, em preparação para o Natal. A maioria vai observar a Semana Santa, uma vez que culmina com a explosão da alegria da Páscoa! A observância da Quaresma não é tão comum."

Leia mais: Quaresma, tempo de refrexão


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 5 de março de 2012

Falta de oração teria causado os Tornados.

Pat Robertson tem uma teoria sobre os tornados que devastaram o Centro-Oeste dos EUA na semana passada: as pessoas não oraram o suficiente.
Ele fez a afirmação durante um episódio de "The 700 Club".
"Se muitas pessoas tivessem orado [Deus] teria intervindo, você poderia orar, Jesus acalmou a tempestade, você ainda pode acalmar tempestades", disse Robertson.
Robertson também culpou as pessoas por viverem em áreas propensas a terem tornados.
 
"Por que você vai construir casas onde os tornados sempre acontecem?", Perguntou ele.
Pat Robertson causou polêmica no passado ao dizer que o terremoto no Haiti aconteceu porque os haitianos fizeram pacto com o diabo. 
Fonte: http://www.huffingtonpost.com/

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 4 de março de 2012

Ação evangelística vai impactar a Cracolândia paulista

Chegou a vez de impactar a Cracolândia paulista através da mobilização missionária Jesus Transforma. Se você tem um chamado para a evangelização de dependentes químicos e paixão pelas almas perdidas, participe conosco da Trans Cracolândia.

A operação missionária acontece entre os dias 16 a 20 de abril e terá como base a Primeira Igreja Batista de São Paulo, igreja-mãe do projeto Cristolândia. Há a expectativa da participação de 400 voluntários e você pode ser um deles.

Após a Trans, entre os dias 20 e 22 de abril, os voluntários que desejarem ainda poderão participar do Congresso Resgate, evento que pretende apresentar o passo-a-passo da implantação de uma Missão Batista Cristolândia.

Para participar da Trans Cracolândia, basta realizar o processo de inscrição pelo nosso site. Outras informações poderão ser adquiridas na Regional SP de Missões Nacionais  -regionalsaopaulo@missoesnacionais.org.br / (11) 3224-0916.


TRANS CRACOLÂNDIA (SP)DATA: 16 a 20 de Abril
VALOR DA INSCRIÇÃO: 60,00
CIDADE BASE - São Paulo (PIB de São Paulo)
Praça Princesa Isabel, nº 233 - Campos Elísios - São Paulo - SP
Telefone: 11-3331-7393
Hora de Chegada: 9 às 12h do dia 16 de abril
Voluntários terão direito ao kit com duas camisetas, um boné, caneta, sacola e material evangelístico,  hospedagem e alimentação
O Voluntário precisa trazer:
 Colchonete
 Roupa de Cama e Banho
 Roupas de uso pessoal
 Bíblia
 E muita disposição de servir

Fonte: Missões Nacionais

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 3 de março de 2012

Matam a mãe em suposto "ritual"

Isso sim é fanatismo.Só tem um local pra onde devem ser levadas essas pessoas: Hospital Psiquiatrico.

  Veja a notícia que saiu no Jornal Super:

Uma história cercada de mistério e crueldade tem prolongado a angústia de uma família que ainda procura explicação para a morte da aposentada Ester Pereira de Oliveira, de 59 anos. Segundo uma denúncia feita por três filhos da mulher à polícia, cinco filhas que moravam com ela teriam deixado a aposentada vivendo à base de água e biscoito, e sem tomar a devida medicação para diabetes durante quase 20 dias. "Elas surtaram do nada, falavam que Deus iria curar nossa mãe da diabetes e que, para isso, ela devia ficar sem remédios ou alimentos", explicou um filho da vítima, Joanir Pereira de Oliveira, de 37 anos. Ester morreu no último sábado, depois de uma intensa gritaria em uma espécie de ritual que aconteceu na residência dela, no bairro Ipanema, na região Noroeste da capital.

 Na certidão de óbito, a causa da morte foi identificada como parada cardiorrespiratória e complicações da diabetes. As cinco irmãs desapareceram na última segunda-feira, após organizarem o enterro e o velório da mãe. Elas levaram o pai, de 81 anos, e a filha de uma delas, de 5 anos. A delegada Cristina Cicarelli, do Departamento de Investigações, instaurou inquérito para apurar o caso.
De acordo com outro filho da aposentada, Jader Pereira de Oliveira, de 33 anos, há cerca de duas semanas, ele e mais dois irmãos foram expulsos da casa onde moravam com a mãe após constantes divergências com as irmãs, que se mudaram para o imóvel no início de janeiro. "Elas vieram para fazer uma visita e acabaram ficando. Disseram que teriam que purificar a casa, que estaria amaldiçoada. Nós não concordávamos com isso nem entendemos nada, porque era loucura", disse. Segundo ele, as mulheres promoveram uma quebradeira no imóvel com a intenção de construir uma igreja no local.


Ainda segundo Jader, há cerca de 15 dias, uma irmã deles, a manicure Júnia Cândido de Oliveira, de 32 anos, teria orientado as outras irmãs a alimentarem a idosa apenas com água, biscoitos e pedaços de pão, além de suspender doses diárias de insulina. "A situação tinha ficado insustentável. Elas tinham surtado, não deixavam a gente entrar na casa", completou Jader.
Uma vizinha contou que, no último sábado, escutou muito barulho na casa da aposentada, por volta das 20h, antes de a mulher morrer. "Era um misto de gritos, choro e várias risadas, parecia uma espécie de ritual macabro", explicou a dentista Cristiane Correa.

Família de 11 irmãos era "normal"

Uma família de 11 irmãos evangélicos que raramente brigavam. Esse é o retrato dos parentes que ainda não entenderam a súbita mudança de comportamento de cinco irmãs alegres e aparentemente normais. Segundo a vizinha e amiga da família Cristiane Correa, desde que resolveram deixar a mãe em um regime de jejum, as mulheres assumiram uma postura anormal dentro de casa. "Todas elas cortaram o cabelo bem curto e obrigaram a mãe e a criança filha de uma delas a também fazerem isso. Elas estavam sempre usando roupas iguais, da mesma cor e modelo", disse.

No velório da aposentada, os irmãos relataram que todas as suspeitas apareceram vestidas com camisetas brancas e calças jeans idênticas e chegaram a rir durante o enterro, realizado no Cemitério da Paz. Depois, elas teriam ido embora juntas, na companhia do pai e da menor, e não foram mais vistas.

MINIENTREVISTA

"Deus tinha falado com ela para libertar a mãe"

JADER PEREIRA DE OLIVEIRA, 33 anos FILHO DA APOSENTADA


As irmãs do senhor tinham algum histórico de comportamento violento?
Não. Elas nunca apresentaram qualquer comportamento estranho assim. Pelo contrário, sempre foram muito carinhosas com a minha mãe e com meu pai. Eram bem lúcidas. Isso aconteceu de repente.

Quando elas tiveram a ideia de deixar sua mãe em jejum e quebrar a casa?

A Júnia começou com isso em uma festa da família em comemoração ao Dia das Mães, no ano passado. Ela disse que Deus tinha falado com ela para libertar a mãe de um câncer que ela nem tinha. Ela parecia transtornada, completamente fora de si, tomando atitudes que não entendemos.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Candidatos, mantenham a religião fora das campanhas!!!

Esse ano tem eleições no Brasil. E será mesma história de sempre: candidatos usando o nome de Deus para ganharem votos. Nos EUA isso acontece também, por isso vários grupos decidiram fazer campanha contra isso. Leiam a matéria:

A Liga Anti-Difamação, o Comitê  Batista para Liberdade Religiosa,e a InterFaith Alliance divulgaram uma "declaração de princípios" sobre a religião em campanhas políticas, deixa que o candidato que disputa um cargo sinta a vontade para explicar a sua convicção religiosa para os eleitores, mas também coloca alguns limites.
A chamada foi aprovada por 14 grandes ministérios Cristãos, muçulmanos, judeus, hindus e sikhs,e pede para os candidatos:
  • Tentar cumprir o propósito da América, procurando servir e ser sensível a toda a gama de componentes, independentemente da sua religião.
  • Conduzir suas campanhas sem recursos, aberta ou implícita,  com base na religião.
  • Rejeitar apelos ou mensagens aos eleitores que transmitam preconceito religioso, ou estereótipos.
  • Envolver-se em vigorosos debates sobre questões importantes,sem estimular a divisão do eleitorado em diferentes correntes religiosas, ou entre os eleitores que se caracterizam como religiosos e os eleitores que não se declaram religiosos.
"Os candidatos precisam entender que eles servem pessoas de outras religiões e sem fé. Recorrendo à linguagem religiosa que define as pessoas de fé contra pessoas que não tem fé, causa uma discórdia religiosa ", disse Brent J. Walker, diretor executivo do Comité  Batista para Liberdade Religiosa, em um comunicado.

Fonte: Huffingtonpost


Em 2010 publiquei um artigo  com vários textos do site Sojourners coloco aqui novamente pra poder abrir a mente dos evangélicos do Brasil:

" O Site Sojouners, publicou alguns artigos, que achei interessante e vou compartilhar com vocês.A Missão do site Sojouner é articular o chamado bíblico para a justiça social, esperança inspiradora e construir um movimento para transformar indivíduos, comunidades, a Igreja e o mundo.

Igrejas e eleições:o que fazer e o que não fazer

Nas  últimas semanas, como parece acontecer a cada eleição ano, ambas as partes, juntamente com alguns pastores e igrejas estão se esforçando (ou quebrando) os limites legais na campanha eleitoral partidária.  No último domingo antes do dia das eleições, essas atividades devem se intensificar.   A regra IRS criada em 1954 é que as organizações isentas de impostos, incluindo igrejas, estão "absolutamente proibido de participar direta ou indiretamente, ou intervir em, qualquer campanha política em nome de (ou em oposição a) qualquer candidato a cargo público eletivo. "Isso não impede os pastores de superar uma série de questões públicas, incentivando os membros a votar, ou outras atividades não-partidárias eleitorais"
A Conferência dos Bispos Católicos dos EUA apresentou um resumo útil de Fazer e Não Fazer . Embora voltadas especificamente para as paróquias católicas, as orientações também são válidas para outras igrejas e pastores.  Um resumo simples é
        
O QUE FAZER:
  •   Abordar a dimensão moral e humana das questões públicas.
  • . Ensino e ações da igreja em uma ampla gama de questões.
  • Aplicar valores cristãos com a legislação e questões públicas.
  •  Incentivar os membros a responsabilidade do cristão em uma democracia e incentivá-los a votar.
O QUE NÃO FAZER:
  •   Aprovar ou rejeitar candidatos a cargos políticos.
  •   Contribuir com dinheiro dos fundos da igreja para candidatos ou partidos.
  •   Distribuir material de campanha partidária, sob os auspícios da igreja.
  •   Convidar apenas os candidatos "aprovados" para visitar a igreja.
  •   Fornecer o seu mailing list ou instalações específicas para os candidatos ou partidos. 
Duane Shank é conselheiro sênior da política na Sojourners

 
Estamos cansados de anúncios de ataque

Caro candidato, partido Organização, ou qualquer comissão que  estão contribuindo para os anúncios  políticos que inundaram a minha TV:Dê a todos  uma pausa! Estamos cansados dos ataques, as insinuações, as mentiras deslavadas e as profecias da desgraça, se o outro candidato for eleito. Há uma semana  antes da eleição. Em vez de encher as ondas com os anúncios, que tal você dar a todos uma oportunidade para limpar a cabeça e pensar um pouco? Eu tenho certeza que você já disse tudo o que tem a dizer e fez todos os argumentos que você pode fazer. As únicas coisas que os anúncios negativos e robocalls(telefonemas gravados que recebemos)estão realizando neste momento são muito chatos e muito desperdício de dinheiro.

Toda vez que vejo uma propaganda negativa estes dias, eu acho uma coisa: Que desperdício! Nestes tempos econômicos difíceis, eu acho um desperdício o dinheiro  gasto para jogar lama no outro lado.  Na verdade, isso me dá uma idéia: Todos vocês que insistem em fazer argumentos sobre porque não devemos confiar no outro lado com o dinheiro de nossos impostos - mostre que é responsável com o uso do dinheiro agora.

Há muitas famílias sofrendo lá fora agora. Se você quer nos fazer crer que você vai ajudá-los depois de ser eleito, que tal você começar agora?Veja New Hampshire, por exemplo, O uma pessoa informou que US $ 21 milhões serão gastos na corrida por uma vaga no Senado durante as primárias e a eleição geral -.e que é uma estimativa conservadora. Para colocá-lo em perspectiva, acrescenta-se a 15,85 dólares por habitante, ou 33,23 dólares por cada eleitor .Esse dinheiro é suficiente para enviar a todos os desempregados  de New Hampshire um cheque de 555 dólares ou alimentação de 1.000 famílias sem-teto de quatro pessoas, para 14 anos e 8 meses.
Em todo o país, os gastos  dos candidatos da Câmara e Senado vão ultrapassar US $ 2 bilhões. Com uma semana para a eleição, já está em US $ 258 milhões.  Quantas crianças com fome poderiam ser alimentadas? Quantas pessoas desempregadas poderiam ser ajudadas com esse dinheiro ?
Jim Wallis 

VALE A PENA LEMBRAR

E como um cristão dedicado à justiça social, eu acredito comício de sábado foi um lembrete de que, enquanto o engajamento político é importante, o que mais importa em uma base diária é a forma como vivemos a verdade bíblica - como nós mostramos o amor de Deus uns aos outros, incluindo aqueles com quem discordamos.   Aqui está o que eu vou lembrar:
1. Nós precisamos de verdade e de civilidade . Devemos começar com este compromisso, a fim de concordar e discordar em amor, enquanto não demonizar o "outro".
2. Não somos mais "direita versus esquerda". Nós não vivemos nossa vida diária como republicanos ou democratas, mas como cristãos que juram lealdade a um mestre maior.
3.  Nós somos radicais proféticos, não extremistas. Como cristãos, a nossa mensagem e exemplo de Jesus é subversivo, mas é baseado na esperança radical e reconciliação, não de violência e medo.
4. Precisamos rirmos juntos. Enquanto a política é importante, e os tempos estão difíceis, poderemos ficarmos loucos, se esquecermos de dar  para o alívio cômico.
5. Temos de saudar o conflito. Ser assertivo inclui músicas ao invés de gritar, com uma compreensão de que o conflito é normal.
Vamos sempre ter conflitos.  Então nós, como cristãos devemos ser modelo para nossos líderes políticos e tecnocratas mediáticos, fazer uma  narrativa espiritual que é produtivo e pacífico.
  "Nossos valores e princípios  formam o alicerce que nos sustenta enquanto fazemos as coisas, não as barreiras que nos impedem de fazer as coisas acontecerem", disse Stewart.
  E embora o dia da eleição é importante, o que mais importa é a forma como trabalhamos juntos para fazer as coisas a cada dia - e como nós amamos uns aos outros no processo.

Sheldon C. Bom é um ex-estagiário Sojourners. Ele é editor-assistente de menonitas Weekly Review e blogs de O Mundo Juntos .

Fonte de onde tirei esse texto: http://www.sojo.net/ 


Leia também: A Bíblia não é um Manual de políticas Públicas 




Caro Evangélico, peço que divulgue esses textos para seus amigos. Não podemos deixar pastores usarem o púlpito da Igreja como palanque eleitoral. Se voce também quer que parem de usar a Igreja Evangélica como curral eleitoral divulgue esse texto, no Facebook, e também pelo Twitter.


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 1 de março de 2012

A Bíblia não é um manual de políticas públicas

Esse é o título de um artigo que Aaron Taylor escreveu no site Huffingtonpost. Leia alguns trechos do artigo:
 Meu pastor e eu temos debatido amigavelmente. Ele diz que Jesus era estritamente apolítico e, portanto, os cristãos devem abster-se de política completamente. Eu digo que Jesus desafiou os violentos,as estruturas sócio-políticas ao longo de sua vida e ministério, portanto, os cristãos têm o dever de defender a paz e ajudar os pobres e oprimidos. Nós somos cabeças-duras, e não queremos ceder em nossos debates, mas somos amigos, e no final sempre tem uma coisa com que concordamos: A Bíblia não é um manual de política pública!
 Sei que isso poder parecer uma declaração ultrajante para alguns. Afinal, os cinco primeiros livros da Bíblia são comumente referidos como os "Livros da Lei". Estes livros contêm códigos legais que regem a vida de cada dia dos antigos filhos de Israel, que vão desde a higiene pessoal a como punir ladrões e assassinos. Além disso, os profetas hebreus protestaram contra os reis de seu tempo por fazerem "leis injustas" e "decretos opressivos" (Isaías 10:1).
As Escrituras revelam um Deus que se preocupa profundamente com o pobres, a viúva, o órfão e o estrangeiro, no entanto, estranhamente, o homem que os cristãos acreditam incorporar a vontade de Deus em ação (Jesus) se recusou a tomar partido nas disputas amargas partidárias dos seus dias. Jesus acolheu ambos, os zelotes e os  cobradores de impostos como membros de seu círculo íntimo. E quando dois irmãos perguntaram a Jesus como resolver uma disputa de herança, Ele respondeu, dizendo: "Homem, quem me fez juiz ou árbitro entre vós?" (Lucas 12:14). Se Jesus pretendia que seus seguidores se tornassem  os guardiões morais da sociedade, Ele tinha um jeito engraçado de mostrar isso.

O padrão continua com o apóstolo Paulo. O caso indiscutível que mostra que os seguidores de Jesus não devem julgar aqueles que estão fora da Igreja vem de uma passagem em I Coríntios 5:12-13, onde Paulo diz: "Afinal de contas eu não tenho o direito de julgar os que não são cristãos. Deus os julgará. Mas será que vocês não devem julgar os seus irmãos na fé? Como dizem as Escrituras Sagradas: “Expulsem do meio de vocês esse homem imoral. " Paulo claramente estabeleceu uma demarcação entre os cristãos, julgando questões no seio da comunidade dos crentes (permitido) e assuntos fora da comunidade dos crentes (não permitido). No mínimo, isso sugere que os cristãos que acham que podem impor o que eles percebem como "valores bíblicos" na sociedade secular estão, mais frequentementes,errados. Não há simplesmente nenhuma maneira de traduzir a Bíblia para a política pública concreta, pelo menos não sem um considerável grau de ambigüidade.

Meu pastor se recusa a levar para a  igreja a amarga guerra cultural que existe na sociedade, existe uma grande diversidade de correntes políticas e teológicas dentro da congregação. As pessoas podem entrar na igreja e sentir verdadeiramente acolhido como elas são, sem ter que obedecer a algum grupo de pensamento. Como membro da equipe de louvor, eu olho para a congregação todos os domingos e vejo pessoas com  diferentes crenças políticas, cultural e teológica, todas adorando a Deus. É maravilhoso!
Fonte: http://www.huffingtonpost.com/aaron-taylor/

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...