segunda-feira, 23 de abril de 2012

Sexo antes do casamento, alto índice de abortos, está na hora dos evangélicos falarem sobre sexo


As estatísticas, alguns evangélicos dizem, não podem mais ser ignoradas.
Oitenta por cento dos jovens evangélicos se envolveram em sexo antes do casamento, de acordo com um novo vídeo da Associação Nacional de Evangélicos (EUA), e quase um terço das gestações não planejadas terminaram em aborto.
É hora de falar honestamente sobre sexo, porque as campanhas de abstinência e anti-aborto  muitas vezes não estão ressoando em seus próprios bancos, dizem vários lideres evangélicos
  • Neste mês ,em uma conferência em Washington, os participantes foram convidados a votar no final de uma sessão sobre "reduzir o aborto" se as igrejas devem apoiar o uso de contracepção entre as solteiras de 20 e poucos anos. Responderam por mensagem de texto, 64 por cento disseram que sim, 36 por cento disseram que não.

  • A "Sexualidade e Aliança" uma conferencia que aconteceu nos dias (19-21 abril), co-patrocinada pela Mercer University e pela Cooperative Baptist Fellowship incluiu em sua agenda a afirmação de que "as relações sexuais conjugais" não estão disponíveis para muitos cristãos.

  • Além de seu vídeo, a Associação Nacional de de Evangélicos está se preparando para distribuir pacotes de informação para os pastores que incluem depoimentos de mães de gestações não planejadas, bem como definições de quase uma dúzia de "métodos de prevenção" que vão desde a abstinência á esterilização.
"Este momento cultural exige uma abordagem que eu acho que pode ser um desafio para as igrejas", disse Williams Jenell Paris, um professor da Messiah College , na conferência . "Tanto a levantar o ideal da castidade antes do casamento, e apoiar as pessoas que fazem o contrário, com conhecimentos e recursos que podem ajudá-los a evitar a gravidez."
Paris, autor de livros sobre abordagens cristãs à identidade sexual e controle da natalidade, também foi escalado para falar na conferência de Mercer.
Sarah Brown, presidente da Campanha Nacional de Prevenção da Gravidez Adolescente e Indesejada, disse que a maioria da platéia da Conferencia provavelmente preferem uma campanha  sobre sexo antes do casamento, considerando a concepção. Mas isso pode não ser mais realista.
"Não é melhor para solteiros, jovens sexualmente ativos usarem a contracepção do que não usá-lo,  e como resultado experimentar uma gravidez angustiante e praticar  o aborto?" Brown disse. "É uma escolha difícil. É uma pergunta difícil, mas acho que isso é o que temos de perguntar a nós mesmos."
Mais de 10 anos atrás, Sarah Walsh Landini, uma barista em Pittsburgh, era uma daquelas evangélicas de 20 e poucos anos que se abstiveram. Mas aos 23 anos, ela não fez, e dentro de um mês  estava grávida.
"A Bíblia diz para não fazer sexo antes do casamento, mas acho que, para a maioria das pessoas, elas precisam mais do que isso", disse Landini, agora com 35 anos, que ainda vê seu filho de 11 anos, Jacob, a quem ela deu para adoção. "Queremos saber por quê. E a maioria dos povos do nosso tempo não estão preparados para responder à pergunta por quê."
David Gushee, diretor do Centro  de Teologia e Vida Pública, disse que a diferença de 15 anos entre o início médio da puberdade e a idade média de casamento é o motivo que muitos preferem o silencio sobre o sexo.
"Talvez haja uma tendência, e percebemos que  "somente diga Não" e "Quem ama de verdade espera" não é suficiente, que precisamos de uma conversa mais profunda, mais abrangente e mais realista que vai à frente e lida com as realidades que enfrentamos em nosso tempo," ele disse,"ao tentar perguntar o que o Senhor exige de nós nesta área. "

As discussões estão atingindo as pessoas onde elas estão, disse Anika Smith, diretor do Fórum Geração, o programa da Associação Nacional de Evangélicos visava principalmente reduzir o aborto entre os membros da igreja.
"Eu tinha um monte de pessoas que vieram até mim quando mostramos nosso vídeo e estavam chorando e dizendo: 'Sou eu'", lembrou. "'Esse número lá em cima,  era eu". "Eu tive que praticar o aborto" ou "minha namorada fez aborto e não me contou".
Ela disse que um sentimento de vergonha de ter feito sexo antes do casamento pode levar uma mulher solteira a escolher o aborto, e enquanto sua organização não faz uma campanha sobre isso , estamos tentando educar os pastores sobre o que está acontecendo entre os lençóis com as pessoas em seus bancos.
"Precisamos criar um espaço seguro em nossas igrejas para que essa discussão aconteça sem vergonha ou condenação", disse Smith, que tem amigas solteiras na casa dos 20 anos que encontraram apoio para gestações não planejadas através de suas igrejas. Ela quer ver essas igrejas se tornarem "não a exceção mas a regra."
Os líderes evangélicos estão lutando da forma como eles podem para fazer mais do que simplesmente condenar o aborto. Autor Jonathan Merritt prevê em seu novo livro, "A Faith of Our Own", uma comunidade de igrejas trabalhando em conjunto para ajudar as mães a pagarem fraldas, visitas médicas, escolares e creches. Ele disse que ficou agradavelmente surpreso com os resultados do estudo .
"Se alguém escolhe ter relações sexuais fora do casamento ou se eles são casadas, mas despreparadas para terem filhos, eu absolutamente acho que eles deveriam usar um método contraceptivo", disse ele.

Nem todos, porém, estão prontos para avançarem a conversa para a contracepção nos casos de sexo antes do casamento.
 Jimmy Hester, co-fundador de "Quem ama de Verdade Espera", uma iniciativa de abstinência  da Convenção Batista do Sul disse: ". Qualquer discussão sobre a contracepção enfraquece a mensagem de abstinência"
Embora Landini admitiu na conferência  que ela orou por um aborto, ela disse que no final, sua gravidez inesperada trouxe bênçãos.
"Tenho orgulho de ser mãe", disse Landini. "Estou orgulhoso da minha decisão. Estou orgulhosa de Jacob. Eu não gosto de muitas coisas que me levaram a esse comportamento, mas Deus tem sido bom por isso."
 Por Adelle M. Banks  
(Religion News Service)

 

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado pela participação no Blog. Jesus te abençoe.
Você pode comentar usando o Facebook no campo acima, ou comentar usando uma conta do Google aqui :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...