segunda-feira, 4 de junho de 2012

Vidas Ocultas: O facebook quer que você permaneça anônimo.


A página inicial exibe com orgulho o princípio que rege. "" Com mais de 500 milhões de usuários, o sucesso do Facebook é  baseado na facilidade com que nos permite comunicar com os outros.
Mas, a maioria gosta é de ficar "bisbilhotando" a timeline dos amigos . 'Perseguição no Facebook", (Facebook stalking) como é vulgarmente conhecido (pelo menos no Reino Unido) é a prática de passar o tempo a explorar os perfis de outras pessoas por outros motivos que vão muito além de 'conectar e compartilhar" - especificamente para fazer julgamentos sobre o assunto em torno de suas informações de perfil.
Esta observação não é nova - numerosos estudos puseram em evidência a distância que o Facebook pode encorajar entre os indivíduos, bem como a objetividade que ele cria nas relações sociais. A ilusão de conectividade interpessoal fornece o motivo para a função mais utilizada do Facebook: uma  vigilância semi-secreta (embora geralmente benigna) na vida dos outros.
Isto tem algumas repercussões interessantes para entender a estratégia de negócios do Facebook. Um serviço gratuito, que se sustenta (pelo menos em teoria) com a venda de espaço publicitário em suas páginas.  
Quanto mais vezes uma página é vista, quanto mais vezes um anúncio é colocado, o Facebook faz mais dinheiro. Simples. Assim, o Facebook precisa manter a sua atenção para fazer o seu dinheiro: Pessoa entrando no Facebook rapidamente apenas para verificar as mensagens e responder a um pedido de amizade não é uma maneira correta de gerir um negócio.
Mas como manter a sua atenção? Ao fornecer a você  alguma coisa interessante - a vida das suas ex-namoradas, os amigos da escola que  se afastaram ou a vida pessoal do colega de trabalho. O que eles estão fazendo,com quem estão falando  (e talvez se eles estão em um novo relacionamento) é interessante por uma série de razões. Estatísticas não estão disponíveis (por razões óbvias), mas a partir da experiência pessoal e evidência anedótica, essa atividade ulterior - perseguição no Facebook - torna-se uma grande parte do uso de Facebook como um desperdício de tempo,  mesmo se eventualmente resulta em uma peça genuína de comunicação.
Assim, o Facebook mantém a sua atenção (e, portanto, suas receitas de publicidade), oferecendo-lhe a capacidade de espionar em silêncio e sub-repticiamente todos aqueles ao seu redor. Tem pouco a ver com cuidar e compartilhar, apesar de todo o marketing.
Para demonstrar isso, imagine se o Facebook deixar você ver quem visitou o  seu perfil. Otimo! - Sempre bom saber quem está interessado em você, e pode até fazer você se sentir popular. Mas ele funciona nos dois sentidos: Esse amigo de um amigo sabe que você passou 10 minutos a olhar para fotos dele - e aquela garota que você viu no café sabe que não bastou você apenas verificar que ela estava para fins de relacionamento, mas voltou quatro vezes mais  tarde (apenas para verificar).
O que isso pode fazer com as pessoas que usam o Facebook? Limita-lás. Pesadamente. A vergonha social de que os outros saibam que você estava interessado em suas fotos, links e comentários   superam o desejo de entretenimento. Visitar o perfil de uma pessoa deve agora ser uma decisão consciente para se conectar com elas.O Facebook deixaria de ser divertido, já que cada movimento permite que as pessoas saibam onde você esteve. Eles sabem que você esteve lá.
Para o Facebook, um evento como esse seria um pesadelo. O Valor do Facebook iria despencar, e Mark Zuckerberg,  perderia muito dinheiro. Como se observa, a nossa atenção é valiosa, e sem procrastinação, nós vamos fazer o Facebook valer menos. Em um único golpe, a capacidade do Facebook ser como uma ferramenta de entretenimento será invalidado. Por quê? Com o entretenimento, de repente aparece mais uma coisa: a visibilidade.
Ao revelar-nos a nossos amigos e outras pessoas - fazendo uma ligação entre uma conversa de visualização de página e sociais - Facebook perderia seu negócio.  
Ao tornar a rede social mais "social", e menos como uma série de câmeras de vigilância invisíveis pessoais com muita visibilidade, Facebook traria com ela todos os horrores sociais: constrangimento, humilhação, solidão.
Isso não vai acontecer - Facebook sabe muito bem como funciona o sistema. Mas o que ele não revela é que o Facebook não faz dinheiro com os nossos desejos de manter contato, para continuar a ser social uns com os outros, mas por sua capacidade de deixar-nos de forma invisível manter abas em todos ao nosso redor. Facebook, ironicamente, faz o dinheiro através do nosso anonimato.
Mais e mais desconfortável, o Facebook só precisa desse anonimato para ser unidirecional. Na verdade, eles precisam disso - o mais interessante é passar o tempo no perfil de alguém, e mais dinheiro é gerado para Zuckerberg.  
Anonimato para o assediador, divulgação total para o assunto.
Isso não faz do Facebook uma coisa ruim - isso não é uma chamada para reduzir os seus acessos no Facebook . Lembre-se, tudo que as pessoas estão assistindo e sabem sobre você na rede social foi aprovado ou publicado por você. Quantas janelas sobre a sua vida você quer abrir é com você. Mas torna-se mais fácil compreender por que as redes sociais estão relutantes para atualizar e simplificar as configurações de privacidade, e porque no fundo eles permanecem parceiros relutantes nos começos da guerra para proteger seus dados online.
"?" Enquanto eles não sabem sobre ele, com certeza.
 Felix Danczak 
 

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado pela participação no Blog. Jesus te abençoe.
Você pode comentar usando o Facebook no campo acima, ou comentar usando uma conta do Google aqui :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...